jusbrasil.com.br
20 de Outubro de 2017
    Adicione tópicos

    Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região TRT-6 - RECURSO ORDINARIO : RO 85100502007506 PE 0085100-50.2007.5.06.0012

    DIREITO DO TRABALHO. DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. RECURSO ORDINÁRIO. PRINCÍPIO DA ISONOMIA SALARIAL. ART. 7.o, INCS. XXX E XXXI, DA CF/88. NÃO VIOLAÇÃO. FORMAS DIFERENCIADAS DE REMUNERAÇÃO BASEADAS EM CONDIÇÕES DE TRABALHO ESPECÍFICAS E COMPATÍVEIS COM AS PECULIARIDADES DE CADA REGIÃO.

    Processo
    RO 85100502007506 PE 0085100-50.2007.5.06.0012
    Partes
    RECORRENTE: Caixa Econômica Federal - CAIXA, ADV. RECORRENTE: Lucas Ventura Carvalho Dias, RECORRIDO: Ernani Morais Pereira, ADV. RECORRIDO: Esther Lancry, RECORRIDO: Silvio Romero Vilar de Almeida, ADV. RECORRIDO: Esther Lancry
    Publicação
    30/06/2009
    Relator
    Aline Pimentel Gonçalves

    Ementa

    DIREITO DO TRABALHO. DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. RECURSO ORDINÁRIO. PRINCÍPIO DA ISONOMIA SALARIAL. ART. 7.o, INCS. XXX E XXXI, DA CF/88. NÃO VIOLAÇÃO. FORMAS DIFERENCIADAS DE REMUNERAÇÃO BASEADAS EM CONDIÇÕES DE TRABALHO ESPECÍFICAS E COMPATÍVEIS COM AS PECULIARIDADES DE CADA REGIÃO.

    I - Não viola o princípio constitucional da isonomia salarial a decisão que, atenta às condições específicas de trabalho de cada um dos Obreiros, admite a adoção de critérios diferenciados para a fixação dos respectivos salários.

    II - Isso porque, guardando as atividades desempenhadas peculiaridades próprias, pertinentes à região em que prestado o labor, bem assim ao volume de serviços, compromissos, metas, operações e responsabilidade superior às outras agências da Demandada, a fixação da retribuição financeira no mesmo patamar implicaria, para além da violação aos princípios regentes do direito do trabalho, clara e concreta injustiça aos trabalhadores admitidos para o...

    Veja essa decisão na íntegra
    É gratuito. Basta se cadastrar.